Selecione a página

PALAVRA DO PRESIDENTE

Foto: Cesar Pilatti

Dr. Jesus Viegas – CRM-PR 5279
Presidente da Associação Médica de Cascavel

Colegas, amigos, leitores,

Eu também me enganei ou não soube fazer previsões logo após a minha posse em 17 de outubro de 2020, marquei o “dia do Abraço” para 28 de fevereiro de 2021, prevendo vacinas e diminuição da pandemia, mas o
contrário aconteceu, o vírus se propagou, as vacinas estão lentas, e muitas pessoas adoecendo e morrendo.

Suspendemos os encontros, todas as atividades ficaram adiadas e a cidade estava entrando em colapso.

Uma luz surgiu e nós a colocamos em cima do alqueire para provocar sua difusão e mostrar o caminho da melhora, da cura, do socorro, do carinho, do amor.

Surgiu o C.A.C. – Centro de Atendimento Covid-19.

Mas várias pandemias já ocorreram no início da era Cristã a Lepra, grassava e os mais velhos lembram-se que existiam lugares afastados chamados de “Lazaretos” ou Leprosários, onde os doentes viviam em isolamento. Surgiu a peste no Velho Mundo que foi tratada e não mais assusta.

A gripe Espanhola matou milhões e hoje só tomamos conhecimento através dos relatos históricos; surgiram os sanatórios em locais de clima saudável para curar os portadores de Tuberculose que matou muitos. O vírus do HIV chegou matando muitos artistas e conhecidos, hoje quase está esquecido, está sob controle.

A Gripe H1N1, mais recente, também passou e na nossa lembrança, está a vacina que a cada ano muda a cepa e precisamos nos proteger. Agora chegou a Covid-19, nos fazendo refletir para uma transição de um mundo de provas e expiações para um mundo de regeneração.

Hoje somos todos gratidão para os que contribuíram, financeiramente, pessoalmente, com sua disponibilidade, com o seu trabalho e dedicação no acolhimento de três mil pessoas, desafogando o atendimento dos hospitais
e das U.PA.S.

Temos esperança e confiamos em Deus, que tudo está passando e voltando a normalidade e muitos projetos estão sendo preparados para que no segundo semestre possamos nos encontrar, nos abraçar e com discussões científicas, sociais, esportivas e filantrópicas, voltar à normalidade.

Até breve

EDIÇÃO ANTERIOR

Posts recentes