Selecione a página

Quando brilha uma Luz!

Quando brilha uma Luz!

Médicos voluntários se unem para salvar vidas no projeto Tratamento Precoce Covid-19

Com amplo apoio da Associação médica de Cascavel através do seu presidente Dr. Jesus Viegas, médicos voluntários se dão as mãos para reduzir o número de internamentos nos hospitais de Cascavel que estão em sua capacidade limite.

A iniciativa é composta por médicos capacitados, entre eles Dr. Jorge Santos ex-presidente da AMC, Dr. Miroslaw Bailak que presidiu a décima Regional da Saúde, entre outros médicos. O objetivo é traçar um enfrentamento contra a Covid-19, oferendo orientação e disponibilizando no instante da consulta o medicamento para o tratamento precoce a partir dos primeiros sintomas. E tudo isso gratuito, graças a doação voluntária dos médicos e de empresários que se uniram para o enfrentamento da doença.

 Dr. Jadir de Mattos acredita que cada um de nós deve dar sua contribuição. “Muitos empresários se uniram, entre eles Jadir Saraiva de Rezende, doando esse espaço para o atendimento. Os empresários acreditam nesta ação. Nos médicos fazemos o mesmo, sempre estudei em escola pública, depois fui para a Universidade Federal de Medicina do Paraná tudo sem nenhum custo, portando nada mais justo que ao longo da minha vida devolver um pouco de tudo que recebi”.

Para o presidente da Associação Médica de Cascavel Dr. Jesus Viegas, o objetivo é atender todos os que procuram o serviço, mas lembrando que este é um tratamento para os primeiros sintomas, por isso precoce. Dr. Jesus salienta “a prova que o exemplo arrasta é que já temos outro municípios ligando e pedindo detalhes do funcionamento, pois desejam fazer o mesmo. Devemos agradecer a Deus, pois estamos tendo uma aceitação enorme, seja por parte de empresários, dos colegas médicos e da população em geral”. Finaliza o presidente da AMC.

Para o médico Dr. Peterson Souza de Assis, outro voluntário, o que o traz ao projeto é poder ajudar as pessoas a obter o tratamento precoce e terem a possibilidade de se recuperarem sem internação, pois o sistema está sobrecarregado. “O objetivo é liberar leitos de enfermarias e de UTIs. Portanto a meta é evitar que o paciente evolua para um quadro mais grave o que sobrecarrega o sistema de saúde. E por isso estamos aqui”.

Dr. Ovideo Rodhe, diz que o motivo de estar ali é o amor pelas pessoas e fazer o melhor possível pois lembra que estamos em uma guerra contra o vírus, e vale a pena se desprender das coisas materiais para poder ajudar alguém nesta situação. Dr. Ovideo diz ainda, “isso já deveria ter sido feito, enfim antes tarde que mais tarde. Portanto vamos tratar a doença logo no início, até porque a vacina pode demorar. Eu quero parabenizar todos que estão aqui ajudando. Isto é uma prova de amor ao próximo”.

Dr. Hevertton da diretoria da AMC, diz que o que o move é o senso de colaboração da equipe médica, bem como o envolvimento de toda sociedade. ” Estamos fazendo esta ação no sentido de colaborar com o momento que estamos passando, esta é uma corrente do bem, isto conforta o coração pelo fato de estarmos fazendo alguma coisa para que tudo melhore”.

Vale lembrar as palavras do Dr. Miroslaw Bailak em entrevista à Rede Massa na última quinta-feira (4), “vamos juntar esforços, pois se salvarmos uma vida já valeu a pena”.

Para Cleusa Pedroti que estava aguardando na fila para ser atendida, disse que sempre foi a favor da distribuição do medicamento para o tratamento no início. “Não sou contra a vacina, mas não existe unanimidade sobre ela, por outro lada a distribuição do medicamento é possível e pode evitar que a doença evolua. Esses médicos estão de parabéns, eles receberão a recompensa. Se precisarem de mim para ajudar, estou à disposição. Quando soube deste atendimento, comentei com todos, há esperanças!”.

Dr. Jorge, que está dando atendimento diário comenta. “Fazer o bem só faz bem, esperamos todos os amigos médicos que puderem vir”.

O empresário Jadir Saraiva de Rezende comenta que perceberam a gravidade e a necessidade do momento, inclusive lembra que perderam amigos por causa da Covid-19 e quanta gente ainda está nos corredores dos hospitais. Para o empresário, só Lockdown não é o caminho, e a vacina ainda tem muitas incógnitas, portanto temos que agir agora. “O tratamento precoce graças a Deus está aí, e a Associação Médica de Cascavel está apoiando e quando vemos o exemplo de médicos com mais de oitenta anos como o Dr. Jesus e Dr. Jadir se doando é um exemplo que nos impele a fazer o mesmo. É bom ver o Dr. Diogo Lacerda, bem como a família do Dr. Jorge Santos, seus filhos Dra. Anelise, Dr. Hevertton e até a esposa Liane no telefone fazendo os agendamentos. Quando vemos tanta gente ali fora para ser atendida, nos emociona. O caminho é este, é gratificante estar unido neste ideal, pois juntos somos mais fortes, então o fardo fica mais leve”.

O presidente da Associação Médica de Cascavel, Dr. Jesus agradece a todos que estão colaborando. “Eu acredito que o importante é ajudar”, finaliza.

O local dos atendimentos é na Rua Erechim, andar térreo do Edifício Sylvio Kissula ao lado do laboratório Verônica e o telefone é (045) 9 9135-0223.

EDIÇÃO ANTERIOR

Posts recentes